Distinção entre contrato, escritura e registro do imóvel.

Encontrei um imóvel, vamos comprar! O que fazer? Será que pagando o preço e recebendo um contrato de compra estará tudo resolvido?

Na venda ou compra de um imóvel é importante saber os procedimentos mais comuns a serem utilizados numa negociação, eles irão gerar direitos, deveres e evitarão prejuízos futuro.

Muitas pessoas pensam que apenas obter um contrato particular ou público de promessa de compra e venda, recibo de sinal ou outro meio que comprove o pagamento fará com que fique garantida a aquisição do bem.

Numa negociação imobiliária existem etapas a serem seguidas até a devida conclusão. Há diferenças entre elas!

Promessa de compra/venda do imóvel – Gera direito pessoal, ou seja, direito e deveres entre as partes em um contrato. Também terá direito real, caso o contrato seja registrado no cartório de registro. O direito real é quando existe a ligação da pessoa com o objeto.

Escritura – A escritura é um ato que habilita a transferência da propriedade do imóvel, é o título hábil à transmissão da propriedade do imóvel.

Registro – O registro da escritura no Cartório de Imóveis é o ato que transfere o título de propriedade. Obter o direito de usar, fruir ou gozar, dispor e reivindicar ou reaver. Por isso ouvimos a seguinte frase: só é dono quem registra.

Muita atenção! Antes de fechar qualquer negócio, contrate uma assessoria para analisar toda documentação.

Sabemos que para comprar um ou mais imóveis haverá custos, esses custos geralmente são altos, por isso muitas pessoas não executam todas as etapas necessárias para devida conclusão. Existem milhares de imóveis em situação irregular em todo o Brasil.

Além de pagar o preço do bem adquirido, existem despesas necessárias para todo o processo na aquisição imobiliária: ITBI, Laudêmio (se for o caso), taxas, emolumentos dos cartórios, dentre outros.

Antes de comprar um imóvel, planeje um orçamento para cobrir tais custas. Essas custas, dependendo de cada caso, custará, em média, em torno de 5% a 6% do valor da compra/ avaliação do imóvel no município onde está localizado o bem. Muitas pessoas só pensam no valor a pagar no imóvel, esquecendo dos custos agregados necessários para uma conclusão segura na aquisição.

Para maior tranquilidade, comodidade e segurança, tenha assessoria de um despachante imobiliário de sua confiança.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
INÍCIO
Open chat
Precisa de ajuda?
Olá, podemos te ajudar?