Escritura pública de imóvel no município de Olinda

Despachante em Olinda

Olinda era conhecida como uma cidade-dormitório, ou seja, pessoas que já moravam ou compravam imóveis tinham como finalidade apenas moradia, isso porque não havia uma estrutura na região que incentivasse o lado empreendedor. Geralmente as pessoas compravam imóveis porque tinham laços afetivos com a Cidade, ou tinham parentes que já viviam lá.

Atualmente já existe uma razoável estrutura para os empreendedores, pessoas que querem exercer suas atividades para gerar lucro e/ou expandir seus negócios.

Além disso, existe um incentivo que atrai algumas empresas e profissionais a se instalarem em Olinda. A alíquota do ISS é mais em conta do que a cidade vizinha Recife, que é de 5%. Em Olinda se paga uma alíquota de 2 a 5% sobre o valor da nota fiscal.

Para quem deseja adquirir um imóvel em Olinda, ao fazer a escritura pública definitiva de compra e venda, também existe um diferencial: o ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) que tem uma alíquota de 2%, mesmo nas transações já realizadas há algum tempo.

Alguns clientes nossos compraram imóveis em Olinda e nos contrataram para prestar todo serviço de assessoria na escrituração e registro dos bens adquiridos.

Antes de comprar um imóvel, seja casa, apartamento, terreno, loja ou sala comercial, aconselhamos analisar toda documentação antes de fechar negócio. Existem situações onde pessoas assinam uma promessa de compra e venda e depois descobre que existe algum gravame ou algo que impeça a regularização do imóvel.

Certa vez nos procurou uma pessoa que estava prestes a comprar um lote para construir sua residência, então fomos analisar a documentação. Vimos que o vendedor só possuía uma promessa de compra e venda de um lote em loteamento irregular. Caso tivesse comprado, então estaria numa situação complicada, pois pensava que poderia escriturar o imóvel facilmente.

Também é bastante comum uma pessoa comprar uma casa, por exemplo, e se deparar com a seguinte situação: na certidão do imóvel do cartório de registro só existe o terreno! Sendo feita a escritura do lote e, caso deseje posteriormente legalizar a construção, então deverá arcar com esses custos ou acordar com o vendedor para abater do valor de compra.

Pior ainda é se fizer uma escritura pública constando uma casa, então não conseguirá registrar o título no cartório de registro, a não ser que faça todo o procedimento para regularizar a construção.

A compra de um imóvel é uma coisa delicada, não é tão simples como alguns pensam. Está em jogo uma boa quantia em dinheiro, dinheiro conquistado com muito esforço, pelo menos para a grande maioria. Também lembramos que antes de comprar um imóvel, não analise só o valor que vai pagar pela compra, mas tenha em mente os custos para escrituração e registro. Muitas vezes as pessoas fazem os cálculos financeiros da compra e, na hora de fazer a escritura e o registro, têm um susto, ou não têm uma reserva para tal. Para fazer uma escritura pública de compra e venda será necessário ter uma boa noção de quanto irá gastar com imposto, emolumentos cartorários, taxas e outros custos, dependendo do caso.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
INÍCIO
Open chat
Precisa de ajuda?
Olá, podemos te ajudar?